Rododendro


(Espécie: Rhododendron - Família: Ericaceae)

 

 

O rododendro e as suas origens

A palavra rododendro deriva das antigas palavras "rhodon", que significa "rosa", e "dendron", que significa "árvore". Trata-se de um enorme grupo constituído por mais de 1000 espécies, a maioria das quais com flores vistosas. São arbustos que variam bastante em termos dimensionais, podendo ainda ser perenes, semiperenes ou decíduos.

 

A planta foi sujeita a muitos processos de hibridação, levando a que existam atualmente mais de 28 000 cultivares listados pela Royal Horticultural Society. A maioria destes cultivares é bastante resistente. O grupo Rhododendron inclui a pequena azálea, que exibe uma flor em cada talo, demarcando-se assim das espécies que exibem cachos de flores.

 

Sazonalidade: O rododendro em flor

A folhagem habitualmente ovalada do rododendro pode ser caducifólia ou perene, verde-escura ou verde-acinzentada, grande ou pequena, brilhante e delicada ou mate e resistente. As flores, agrupadas em corimbos, podem ter a forma campanular, circular ou afunilada, sendo por vezes perfumadas. O leque de cores também é variado, desde os atraentes tons pastel, rosa pálido e limão aos exuberantes vermelho-cereja, vermelho-fogo e púrpura.

 

O período de floração tem início a partir da segunda metade da primavera e estende-se por várias semanas. O rododendro é muitas vezes usado como planta ornamental, devido às suas dimensões, às suas flores e às suas folhas perenes. Nos parques e jardins públicos, um grande rododendro em flor é uma visão maravilhosa e, à distância, parece uma tela pintada em cores surpreendentes, mas para um jardim de média dimensão, convém escolher rododendros mais pequenos, com 1,80 a 2 metros, tais como o "Pink Pearl" e o "Purple Splendour".

 

O R. yakushimanum, um arbusto perene em forma de cúpula com 1 metro de altura e 1,5 m de largura e originário do Japão, tem flores afuniladas em tons de rosa que se esbatem para branco na primavera e nos últimos anos tem dado origem a muitos híbridos de jardim com crescimento diminuto, tais como as variedades "Percy Wiseman" e "Hydon Hunter". Mais recentemente, os programas alemães de cultivo de rododendros conseguiram criar também duas variedades com produção de grande quantidade de flores: as variedades "Fantastica" e "Rendezvous".

 

Como plantar: Rododendro

No seu habitat original, o rododendro e a azálea desenvolvem-se em solos ácidos de charnecas e bosques, em locais parcialmente protegidos dos raios solares. O plantio em redor de arbustos maiores ou árvores é ideal, bem como em solo com uma boa drenagem. O solo deve ser neutro a ácido; esta planta não tolera calcário.

 

O plantio deve ser feito quase à superfície, pois o rododendro é uma planta com raízes de superfície, acrescentando matéria orgânica à cova de plantio e cobrindo regularmente com um mulch constituído por matéria orgânica e terriço de folhas.

 

Se possível, corte as flores murchas com os dedos para desencorajar a produção de sementes e induzir o aparecimento de novos rebentos.

 

O final do inverno é a altura mais propícia para cortar os talos mais compridos do rododendro.

 

Propagação do rododendro

Corte em estacas os talos semiamadurecidos em finais do verão ou utilize a técnica de mergulhia (formação de raízes adventícias num caule, colocando-o em contacto com o solo) entre a segunda metade da primavera e o final do verão, caso em que a planta poderá levar até dois anos para formar um sistema de raízes substancial.

 

Sabia que... Curiosidades sobre o rododendro

O rododendro só se tornou popular na era vitoriana.

 

O Rododendrum ponticum, introduzido na Irlanda a partir do Reino Unido, é atualmente considerado uma espécie invasora. A planta forma novos brotos a partir das raízes e tem vindo a substituir o sub-bosque das áreas florestais, revelando-se extremamente difícil de erradicar.

 

Algumas espécies de rododendros são tóxicas para o gado e extremamente venenosas para os cavalos, que podem morrer poucas horas após a sua ingestão. O mel produzido por abelhas que se alimentam de rododendros e azáleas pode fazer com que as pessoas adoeçam, podendo mesmo ser fatal.