Peónia


(Espécie: Paeonia spp - Família: Ranuncolaceae)

 

A peónia e as suas origens

Resistente e perene, a peónia é uma planta originária da Europa, da Ásia e da América do Norte. Depois de estabelecida no jardim, requer pouca manutenção e pode sobreviver aos invernos mais rigorosas, florescendo todos os anos na primavera.

 

Na língua das flores, as peónias significam "estou encantado com a tua beleza". Pensa-se que o seu nome deriva de Péon, que Zeus salvou da ira do seu mentor Asclépio, o deus grego da medicina e da cura, transformando-o numa peónia.   

 

Referida na Ilíada, a peónia é desde há muito cultivada, com muitas das espécies originárias da China. Algumas espécies são referidas em obras chinesas do século VII, mas só recentemente, no século XIX, começaram a ser cultivadas na Europa.

 

Sazonalidade: A peónia em flor

Com floração na primavera, a peónia pode produzir uma dou duas flores. Apresenta cores vibrantes: dos brancos e amarelos aos vívidos rosa, vermelho e violeta. Algumas variedades ostentam uma característica mancha escura na base das pétalas.

 

Popular pelas suas grandes e espetaculares inflorescências, a peónia forma uma flor grande e solitária com pétalas bem juntas e, muitas vezes, perfumadas. Existem dois tipos principais de peónias: a Paeonia officinalis ou peónia arbustiva e a Paeonia suffruticosa ou peónia lenhosa. Dependendo da espécie, estes tipos apresentam variações significativas em matéria de altura: enquanto a peónia arbustiva atinge os 80 cm de altura, a outra pode chegar aos 3 metros, assemelhando-se a uma pequena árvore.

 

Como plantar: Peónia

A peónia deve ser plantada no início do outono, para produzir flores na primavera. O plantio do tubérculo nesta altura do ano dá-lhe tempo suficiente para se ambientar antes da chegada dos dias mais frios de inverno.  Cada tubérculo deve ser plantado a 7 ou 8 cm de profundidade, com uma distância mínima de 80 cm entre cada um.

Esta planta prospera em locais de sombra parcial e requer um solo mais alcalino. O solo deve ser preparado com bastante antecedência, juntando-lhe composto ou turfa de esfagno sempre que necessário. Uma boa drenagem é também essencial para garantir uma excelente floração.

 

Considerada uma planta difícil de cultivar, exige algum nível de conhecimento, uma vez que algumas espécies têm necessidades muito específicas. A peónia é também de crescimento lento, precisando de dois anos para um desenvolvimento completo.

 

Propagação da peónia

A peónia propaga-se por divisão do tubérculo. Pelo facto de não gostar de deslocações, deve permanecer no mesmo local durante, pelo menos, 7 a 8 anos, para não prejudicar o crescimento das flores. Uma deslocação antes deste período poderá impedir a planta de florir durante 2 anos. A divisão deve ser feita no outono.

 

A peónia pode também propagar-se por semente. Este é um processo moroso, uma vez que pode levar 2 anos a germinar e depois necessitar de mais 5 anos para conseguir uma floração completa. 

 

 

 

 

 

Sabia que... Curiosidades sobre a peónia

Segundo antigas histórias do folclore italiano, as peónias devem ser colhidas às escondidas, em plena escuridão, para evitar o ataque do "pica-pau verde". Os italianos acreditavam que esta era a única forma de manter as propriedades curativas da planta, supostamente indicada para casos de loucura e epilepsia e para a constipação comum.

 

O conteúdo alcaloide da peónia, a "peonina", possui propriedades sedativas mas também pode ser tóxico e causar desconforto.