Frésia


(Espécie: Freesia refracta, F. alba, F. corymbosa  - Família: Iridaceae)

 

A frésia e as suas origens

Todas as 14 espécies de frésia são oriundas do continente africano. O seu nome presta homenagem ao físico alemão Friedrich Heinrich Theodor Freese, que viveu nos finais do século XVIII. Cultivada não só pela sua beleza, a frésia destaca-se também pelo seu aroma doce e é normalmente utilizada na produção de sabonetes, loções e perfumes.

 

A frésia simboliza a nostalgia e a inocência, sendo muitas vezes utilizada na confeção de arranjos ou como flor de corte. Pode ser cultivada dentro de casa ou no exterior, desde que lhe sejam proporcionados cuidados especiais. Uma vez que é sensível à temperatura, a frésia deve ser plantada no local certo e na altura certa para que produza uma flor saudável.

Sazonalidade: A frésia em flor

De floração primaveril, as frésias devem ser plantadas entre outubro e dezembro, podendo ser plantadas de forma intervalada para produzir uma floração contínua. As flores exibem uma forma campanulada com orientação ascendente, podendo juntar-se 8 frésias de modo a formar um conjunto solto no topo de cada talo.

 

As frésias podem apresentar-se numa grande variedade de cores com diversas tonalidades de branco, amarelo, lilás e azul. Podem atingir os 30 cm de altura.

Como plantar: Frésia

Para aproveitar ao máximo a sua beleza, plante as frésias nos meses de inverno. São relativamente resistentes e gostam de locais bem soalheiros, com solo húmido e boa drenagem. Os solos com demasiada água prejudicam a floração. Consequentemente, corrija primeiro o solo se este acumular água.  Prepare o solo acrescentando-lhe adubo duas semanas antes de plantar as frésias.

Plante os cormos 3 a 4 cm abaixo da superfície, tendo o cuidado de manter uma distância de 3 a 5 cm entre cada um. Geralmente cultivadas por pessoas com alguma experiência, as frésias são sensíveis à temperatura e à geada, necessitando de proteção nos dias mais frios de inverno. Os talos são geralmente fracos e podem necessitar de apoio durante o seu crescimento.

Propagação da frésia

Tecnicamente uma planta perene, a frésia pode ser difícil de propagar e precisa de condições específicas para voltar a florir com sucesso. A propagação faz-se por semente ou divisão dos cormos. A divisão dos cormos é muitas vezes mais fácil de gerir, podendo voltar-se a plantar os bolbilhos entre quatro paredes, prontos para florir na próxima estação.

 

Os cormos devem ser trazidos para dentro de casa no final do verão para secarem, de modo a poderem ser de novo plantados durante o inverno.

Sabia que... Curiosidades sobre as frésias

As frésias são uma das flores de corte mais populares e mais cultivadas de todo o mundo. São frequentemente usadas para guarnecer bouquets de noiva, uma vez que simbolizam a inocência.