Cíclame


(Espécie: Cyclamen spp - Família: Primulaceae)

 

O cíclame e as suas origens

O cíclame é escolhido pelas suas graciosas flores e pelas suas pétalas inconfundíveis e aprumadas. À exceção do Cyclamem Persicum (cíclame-da-pérsia), é nativo do sul da Europa, sobretudo de Itália.

 

O cíclame é uma planta pequena, com não mais de 30 cm de altura e adapta-se perfeitamente a jardins rochosos ou a locais de sombra. É também uma das flores preferidas de apartamento. Apesar de não ser uma prímula, faz parte da família Primulaceae. O nome "cíclame" deriva do latim e do grego e significa "círculo" numa referência aos seus tubérculos circulares. Acredita-se que os antigos romanos e gregos conheciam as variedades Cyclamen como Cyclamen Europaeum. O Cyclamen Persicum foi introduzido na Europa por volta do ano 1625.

 

Sazonalidade: O cíclame em flor

O cíclame floresce normalmente entre março e novembro, mas dependendo da espécie, a floração poderá ocorrer noutra altura do ano. 

 

  • O Cyclamen Orbiculatum floresce durante o inverno, produzindo flores de várias cores, que podem ir do lilás ao roxo.
  • O Cyclamen Repandum floresce na primavera.
  • O Cyclamen Europaeum (cíclame-da-europa) floresce no verão, produzindo flores perfumadas de um cor-de-rosa escuro.
  • O Cyclamen Neapolitanum é uma planta resistente que floresce em setembro.
  • O Cyclamen Persicum (cíclame-da-pérsia).

 

Existem entre 20 a 25 espécies de cíclames que, por sua vez, se dividem numa variedade de cores que podem ir dos brancos e rosas aos púrpuras. Cada flor tende a produzir cinco pétalas que frequentemente apresentam formatos angulares. A maior parte das variedades atinge 10 a 12 cm de altura.

Como plantar: Cíclame

Para que revele todo o seu esplendor, o cíclame deve ser cultivado em condições de humidade. O seu desenvolvimento requer sombra e temperaturas amenas. O solo deve ser rico em húmus, com uma boa drenagem de forma a não acumular água. Na natureza, esta planta é normalmente encontrada em bosques, crescendo junto a castanheiros. 

 

Relativamente fácil de cultivar, o cíclame pode ser cultivado em casa sem necessidade de experiência prévia. Adicione 1/3 de areia à terra de envase normal para interiores. Em alternativa, podem ser comprados já envasados. Não regue demasiado. 

 

 Algumas espécies dão-se no exterior e devem ser plantadas à sombra de uma árvore. 

 

A maioria das espécies de cíclames tem um período de dormência, que normalmente coincide com os meses quentes de verão, e um período de atividade, que ocorre durante o outono e o inverno e em que se dá o seu desenvolvimento.  O plantio deve ser feito antes do período de dormência, idealmente na primavera.

 

Propagação do cíclame

O cíclame propaga-se por semente ou divisão do tubérculo, apesar de a semente representar frequentemente uma solução mais duradoura, uma vez que pode ser difícil impedir o tubérculo de apodrecer depois de dividido.

Sabia que... Curiosidades sobre o cíclame

O tubérculo do cíclame contém uma substância venenosa chamada "artania" que pode provocar doenças no sangue e pode mesmo paralisar o sistema nervoso. É tão letal para os peixes que antigamente era usada como isco para a pesca. 

Surpreendentemente, o cíclame não tem qualquer efeito nocivo nos suínos, fazendo muitas vezes parte da sua alimentação. Por este motivo, esta planta também é conhecida como "pão-porcino".