10 conselhos para controlar plantas infestantes


Os herbicidas são mais eficazes quando as ervas daninhas estão crescendo ativamente, geralmente entre Março e Setembro.

1) Os herbicidas são muito eficazes quando o crescimento das plantas infestantes está no seu auge, normalmente entre março e setembro, altura em que possuem uma superfície maior para absorver o tratamento. Convém não utilizar herbicidas em condições de seca, quando as infestantes não estão a crescer. Em alturas de seca, regue a zona que pretende tratar um ou dois dias antes de aplicar o herbicida.

2) Aplique o herbicida em condições atmosféricas amenas, evitando assim que o aerossol atinja outras plantas. Quando utilizar um aerossol junto a plantas que deseja manter, use um cartão grande para protegê-las, ou corte as partes de cima e de baixo de uma garrafa de refrigerante, formando um cilindro e colocando-a sobre a planta infestante que quer eliminar. Pulverize a infestante assim isolada.

3) Se pretender voltar a plantar numa zona sujeita a um tratamento de eliminação de plantas infestantes, use um herbicida composto por elementos biodegradáveis que se decomporão em matérias naturais, como por exemplo um herbicida com efeito em 3 horas ou glifosato ("3 Hour Weed Killer" ou "Glyphosate"). Este tipo de herbicida pode mesmo ser utilizado para limpar uma parcela de terra antes do plantio ou cultivo de legumes.

4) Esmague os talos da cavalinha antes de aplicar o herbicida. Este procedimento estraga a superfície cerosa da planta, facilitando a penetração do herbicida.

5) Se tiver plantas parasitas trepadeiras em redor de outras plantas do seu jardim, desenrole-as cuidadosamente de forma a não as danificar e, quando tiver formado um montículo no chão, pulverize-o com um herbicida sistémico, como o glifosato. Este herbicida tem um raio de ação bastante alargado no que diz respeito às maleitas provocadas por plantas infestantes e, ao mesmo tempo, minimiza os danos infligidos às restantes plantas do jardim.

6) Não é necessário manter as crianças e os animais afastados das zonas tratadas quando o produto tiver secado. Todos os herbicidas de jardim da Bayer estão registados para uso no jardim junto da autoridade reguladora do Reino Unido. Para obterem esse registo, têm de poder ser utilizados em locais onde possam existir crianças ou animais.

7) No que diz respeito aos animais que comem erva (por ex., porquinhos-da-índia, coelhos e tartarugas), recomenda-se que os mantenha afastados da zona tratada até que as plantas infestantes estejam mortas. Alguns herbicidas podem perturbar a distribuição dos açúcares, tornando agradáveis as infestantes outrora desagradáveis ao paladar e vice-versa.

8) Certifique-se de que aplica um produto com a fórmula e a quantidade corretas para o trabalho que tem em mãos. As fórmulas prontas a usar são simples e convenientes. Não é necessário fazer misturas ou medir proporções. Use um aerossol de 1 litro para zonas pequenas ou para eliminar plantas específicas. Para áreas mais extensas, as fórmulas concentradas em saquetas doseadas solúveis em água são uma solução limpa, simples e económica, quando aplicadas com um regador ou pulverizador.

9) Para obter os melhores resultados em relvados, aplique um herbicida seletivo para relvados ("Lawn Weed Killer") quando o solo estiver húmido, na primavera ou no início do verão, quando a relva e as infestantes estão em plena fase de crescimento. As infestantes mais difíceis de eliminar dos relvados são aquelas que têm folhas minúsculas. Assim, espere que estas cresçam antes de aplicar um aerossol de partículas o mais finas possível. Não corte a relva durante alguns dias antes e depois do tratamento, por forma a potenciar ao máximo a penetração do fertilizante.

10) Um estudo efetuado por osteopatas e jardineiros associou a ocorrência de dores nas costas ao uso de fertilizantes manuais. Mais do que um em cada três jardineiros incluídos no estudo sofreu de dores nas costas relacionadas com o combate às plantas infestantes. Os osteopatas recomendam que se ajoelhe quando for usar um herbicida!