Plantas complementares das roseiras


Complemente as suas roseiras de jardim com outras plantas para conseguir um cenário de cores vibrantes.

Complemente as suas roseiras de jardim com outras plantas para conseguir um cenário de cores vibrantes. As plantas perenes, anuais, comestíveis, as ervas aromáticas e as plantas arbustivas, todas combinam facilmente com as roseiras.

Para escolher as melhores combinações, considere aspetos como o tempo de floração e a cor, a forma e a textura das plantas e a cor da folhagem. Assegure-se de que as plantas que escolher necessitam das mesmas condições de crescimento que as roseiras: muito sol, água em abundância e adubagem regular. Se optar por cultivar plantas comestíveis, use inseticidas ou fungicidas cujo rótulo mencione que são adequados a plantas comestíveis.

Não sabe por onde começar? Torne o seu jardim mais atraente com alguns destes fenomenais companheiros de roseiras.

Aster x frikartii – As margaridas lilás-azuladas ficam lindamente no meio de rosas de outras cores. Reproduzem-se facilmente. Combinam perfeitamente com roseiras sempre-floridas ou arbustivas. 60 - 90 cm de altura x 45 - 60 cm de largura.

Heuchera sanguinea – A folhagem desenvolve-se em várias tonalidades (âmbar, verde-amarelada, grená, cor de laranja, etc.). Selecione variedades que complementem ou contrastem com as flores das roseiras. Nas regiões mais quentes, plante-as do lado este ou oeste das roseiras, de modo a que as flores da Heuchera sanguinea fiquem na sombra. De 15 a 25 cm de altura e largura.

Lírios de um dia (Hemerocallis) – A folhagem em arco fornece uma boa cobertura para os caules das roseiras. As flores em forma de trompete existem em quase todas as tonalidades. As variedades anãs, plantadas a pelo menos 30 cm das rosas, competem menos com as raízes das roseiras. 45-75 cm de altura x 45 cm de largura.

Gerânios (espécies do género Geranium) – Use esta planta arbustiva para disfarçar a base dos caules das roseiras, sobretudo dos tipos que crescem na vertical. De fácil crescimento e pouco exigentes, são resistentes a coelhos e veados. De 10 cm a 1,20 m de altura x de 15 a 90 cm de largura.

Ervas aromáticas – A profusão de cores, texturas e fragrâncias das suas folhagens faz com que as ervas aromáticas sejam uma opção natural para acompanhar as rosas. Devido à fragrância das suas folhas, muitas destas ervas ajudam a manter as pragas à distância. Entre as muitas opções, incluem-se o rosmaninho, a salva (procure tipos com folhas coloridas), o cebolinho, a borragem, o alecrim, o funcho e o tomilho.

Herbáceas ornamentais – Com folhagem estreita e pendente, as herbáceas ornamentais fazem um belo contraste com as roseiras. As herbáceas altas podem criar um cenário de fundo para as roseiras verticais ou um ponto de interesse erguendo-se no meio de roseiras rasteiras. Algumas das herbáceas mais adequadas são o capim-do-texas roxo (Pennisetum setaceum), a eulália (Miscanthus sinensis) e a festuca azul (Festuca glauca).

Salvas (espécies do género Salvia) – As flores abrem-se em tons de azul, roxo, vermelho, branco ou rosa. Plante as variedades mais altas por trás ou entre as roseiras e plante as mais baixas em redor dos caules das roseiras. Resistem a coelhos e veados. 60 cm a 1,50 m de altura x 60 - 90 cm de largura.

Plantas de folhagem prateada—As plantas de folhagem prateada ficam lindíssimas com as rosas, pois o prateado faz com que as restantes cores pareçam mais intensas. Plante as variedades mais pequenas em redor da base das roseiras, dispondo as variedades mais altas por trás e entre as rosas, para um maior contraste. Experimente as seguintes plantas: Pó-de-prata (Senecio cineraria – representada na imagem acima), Artemisia, orelha-de-ovelha (stachys byzantina), rosmaninho, Dianthus ou santolina.

Companheiras habituais das roseiras

Outras plantas frequentemente utilizadas para cobrir a base das roseiras são o pé-de-leão (Alchemilla), as campânulas e o lírio-roxo (Iris germanica). Pense ainda em plantar delfínios, dedaleiras e dálias para preencher os espaços vazios entre as roseiras. Acrescente clematites e bolbos (plantas que florescem normalmente na primavera e as belezas do verão, como os lírios) para uma exibição ainda mais vibrante.