Como plantar roseiras com a raíz nua


Se reside numa zona do país onde a terra não congela, a melhor época para plantar é no Inverno. 


Se vive numa região onde a terra não congela, a melhor altura para plantar roseiras é no inverno. Se a terra congelar, faça a plantação no início da primavera, assim que for possível trabalhá-la. Na estação adequada para a sua zona, os viveiros e os centros de jardinagem estão cheios de plantas acabadas de extrair dos terrenos de cultivo. A maioria apresenta as raízes sem terra e está envolta em aparas de madeira húmidas em vasos plásticos herméticos. Se encomendar roseiras por catálogo, estas ser-lhe-ão enviadas de forma similar.

Para proporcionar um bom começo às suas roseiras, siga passo a passo os seguintes procedimentos:

  1. Compre plantas de boa qualidade. As roseiras são classificadas de acordo com os padrões estabelecidos pela Associação Norte-Americana de Viveiros e Paisagismo. Uma roseira de categoria 1 é a que apresenta melhor qualidade e proporcionar-lhe-á um verdadeiro espetáculo logo no primeiro verão. As roseiras de categoria 1, 1/2 e 2 são frequentemente vendidas com desconto e geralmente não têm um crescimento tão vigoroso no primeiro ano. Por isso, se quiser obter os melhores resultados, gaste algum dinheiro extra e compre roseiras de categoria 1. A categoria está indicada na embalagem das rosas. Para mais informações sobre a seleção de plantas, leia "Como comprar roseiras com a raiz nua".
  2. Antes de as plantar, coloque as raízes de molho durante uma noite. Retire a roseira da embalagem e coloque as raízes num balde com água e lama (a lama adere às raízes e ajuda a evitar que estas sequem depois de plantadas). Deixe de molho durante, pelo menos, uma noite. Se não puder plantar imediatamente, mantenha a embalagem em redor das raízes húmidas até à hora da plantação. Se passarem várias semanas, plante temporariamente num vaso e mantenha a terra húmida.
  3. Plante a roseira num local soalheiro. As roseiras precisam de, pelo menos, 6 horas de luz solar direta para se desenvolverem. Se a exposição ao sol for menor, não produzirão tantos botões e terão mais doenças.
  4. Verifique o pH do solo. Escave um buraco suficientemente profundo e largo para acomodar as raízes da planta. Teste o solo para se certificar de que o pH é adequado para as roseiras (de 5,5 a 7,0). Consulte um especialista de um viveiro ou um funcionário de uma cooperativa sobre a forma como testar o solo e, se necessário, como ajustar o pH.
  5. Verifique se o solo tem uma boa drenagem. Encha o buraco que escavou com água, deixe drenar e volte a encher. Se a água não desaparecer completamente em 24 horas, terá provavelmente um problema de drenagem. A solução mais simples é plantar a roseira noutro local ou cultivá-la em vasos ou em canteiros elevados.
  6. Plante corretamente. Misture a terra que extraiu do buraco com igual quantidade de matéria orgânica, como por exemplo resíduos de compostagem ou cascas de árvore. Coloque uma parte da mistura no fundo do buraco, fazendo um montículo em forma de cone. Examine cuidadosamente a roseira. Retire as raízes danificadas ou mortas. Distribua as raízes da roseira sobre o montículo e verifique a profundidade de plantação. A roseira deverá ser plantada aproximadamente à mesma profundidade com que foi cultivada no primeiro local de plantação (observável através de uma mudança de cor no caule) e deixando a junção com a raiz (a parte mais grossa do caule) acima da superfície. Nos climas mais frios, a plantação deverá ser efetuada a maior profundidade, de modo a que a junção com a raiz fique coberta de terra.
  7. Encha o buraco com terra e faça um rego em redor da planta. Regue bem. Se necessário, ajuste a profundidade de plantação, segurando a parte inferior do caule e puxando cuidadosamente para cima.
  8. Cubra profusamente com mulch. Cubra a roseira com matéria orgânica, como por exemplo resíduos de compostagem ou cascas de árvore. Faça um montículo com o mulch, de forma a cobrir os caules vários centímetros acima da junção com as raízes. A cobertura dos caules ajudará a evitar que sequem.
  9. Assim que a planta começar a produzir folhas, liberte os caules do montículo de mulch e fertilize. Proteja-a das pragas de insetos e doenças com produtos específicos para roseiras. Siga rigorosamente as instruções do rótulo.